Deus do céu

(…) Deus do céu, como podes tu não ver estas coisas, estes homens que tendo inventado um deus se esqueceram de lhe dar olhos, ou o fizeram de propósito, porque nenhum deus é digno do seu criador, e portanto não o deverá ver. – José Saramago, Levantado do Chão