Estado-Social

A partir do momento em que se transformou a crise do sector bancário em crise da dívida pública, não se comenta mais a origem da actual crise. O foco passou a ser a dívida pública e o funcionamento do sector público, culpando-se fortemente o estado de bem-estar social como se este fosse o responsável pela crise. Dessa forma, buscam justificar a necessidade dos planos de austeridade fiscal recorrentes para que os recursos antes destinados às necessidades sociais passem a ser canalizados para o pagamento da dívida “pública”. – prefacio de Maria Lucia Fattorelli, Raquel Varela, Quem Paga Estado Social em Portugal? Onde nos leva esta Crise Económica? O Estado de Bem-Estar Social Europeu tem Futuro? Dívida Pública: Dívida de Todos ou Negócio de Alguns