Uber alvo de ataques cibernético

A Uber pagou 100 mil dólares aos hackers.

Se uma empresa que vive à base da tecnologia é atacada a questão que devemos fazer é quando é que as outras foram ou irão ser atacadas. Acho muito que o RGPD (ver último post) crie procedimentos e barreiras para que a informação das pessoas seja tratada por estas empresas com cuidado e responsabilidade.

Até agora o principal incomodo tem sido sermos abordados por telemarketing ou ver os nossos “likes” circular pela internet como quando vou ao ebay e me aparece como sugestão uma coisa que vi num site de motas…

Mas vamos passar para uma nova era. Se o consumidor não se queixa, então a UE vai forçá-lo a queixar-se. E vão surgir novas oportunidades para os escritórios de advogados desenvolverem o seu negócio. Imaginem qual será o fee de representar 50 milhões de clientes…