Uber alvo de ataques cibernético

A Uber pagou 100 mil dólares aos hackers.

Se uma empresa que vive à base da tecnologia é atacada a questão que devemos fazer é quando é que as outras foram ou irão ser atacadas. Acho muito que o RGPD (ver último post) crie procedimentos e barreiras para que a informação das pessoas seja tratada por estas empresas com cuidado e responsabilidade.

Até agora o principal incomodo tem sido sermos abordados por telemarketing ou ver os nossos “likes” circular pela internet como quando vou ao ebay e me aparece como sugestão uma coisa que vi num site de motas…

Mas vamos passar para uma nova era. Se o consumidor não se queixa, então a UE vai forçá-lo a queixar-se. E vão surgir novas oportunidades para os escritórios de advogados desenvolverem o seu negócio. Imaginem qual será o fee de representar 50 milhões de clientes…

Anúncios

O GDPR e as empresas portuguesas

O GDPR entra em vigor em todos os países da UE em Maio de 2018.

Enquanto que as grandes empresas multinacionais estão a finalizar a implementação de processos para dar resposta ao exigido por este novo regulamento em termos de privacidade de dados pessoais, as empresas portuguesas vão adiando a sua implementação sobretudo devido à… inércia.

Isto é revelador do tipo de gestores portugueses, ou seja, tudo o que não tem impacto direto no negócio a curto prazo não é prioritário. Ora agora imagine-se gastar os recursos da empresa a implementar uma coisa que se “limita” a cumprir com a regulamentação e que não é para aumentar a faturação de cada trimestre…

Não vou aprofundar o motivo pelo qual as empresas multinacionais estão mais à frente (que resulta sobretudo de estarem em vários países que são afetados pelo mesmo regulamento), o que me preocupa é as empresas portuguesas não estarem nem aí…

É por isso que em Portugal é tudo regulamentado, implementado à força através de lei… tem que ser assim senão ninguém faz nada. E mesmo assim, como é o caso, ainda jogam as empresas com a probabilidade de não virem a ser fiscalizadas quando neste momento não haverá equipas nos orgãos competentes que consigam supervisionar todas as empresas em Portugal e garantir a implementação deste regulamento.

Isto leva-nos a outro ponto e que está relacionado com a concorrência. As poucas empresas que estão a investir recursos e pessoas para garantir a implementação do GDPR estão a tornar-se menos competitivas no curto prazo. Se efetivamente não houver fiscalização, então perdem competitividade a médio prazo porque passam a ter processos mais lentos, mais burocráticos, mais controlados e com mais pessoas.

É com expectativa que aguardo por Maio de 2018 para me admirar com a capacidade de improviso dos portugueses, das empresas portuguesas e do estado português.

Bem sei que esta realidade é transversal a muitos países da UE, mas apeteceu-me escrever sobre Portugal.

Aguardemos.

Luís

Agência do medicamento

O Porto não ganhou a agência do medicamento.

Infelizmente não ganhou. O que nos leva a pensar: e se fosse Lisboa? Quase de certeza que não ganharia também. Mas porque é que estando pensada Lisboa como primeira escolha se cedeu ao lobby do Porto? Das duas uma: ou foi mal pensada a primeira escolha, ou foi bem pensada mas Lisboa não tem um lobby tão forte na área da saúde como o Porto. Até agora continuo a acreditar mais na segunda. E não sei bem porquê. Apenas uma questão de feeling. Daquelas coisas que sentimos mas que podem muito bem não corresponder à realidade.

Luís

mw-1920

Foto retirada daqui.

6 Easy Tricks That Will Make You Way More Productive

1.Never Touch Things Twice

That’s it. Never put anything in a holding pattern, because touching things twice is a huge time-waster. Don’t save an email or a phone call to deal with later. As soon as something gets your attention you should act on it, delegate it or delete it.

2. Eat Frogs

To pull this off you’re going to have to eat some frogs. “Eating a frog” is doing the least appetizing, most dreaded item on your to-do list. If you let your frogs sit, you waste your day dreading them. If you eat them right away, then you’re freed up to tackle the stuff that excites and inspires you.

3. Fight The Tyranny Of The Urgent

You’ll also need to master the tyranny of the urgent. The tyranny of the urgent refers to the tendency of little things that have to be done right now to get in the way of what really matters. This creates a huge problem as urgent actions often have little impact. The key here is to delete or delegate. Otherwise, you can find yourself going days, or even weeks, without touching the important stuff. You’ll need to get good at spotting when putting out fires is getting in the way of your performance, and you’ll need to delete or delegate the things that hinder real forward momentum.

4. Say No

No is a powerful word that you’re going to have to wield. When it’s time to say no, avoid phrases such as “I don’t think I can” or “I’m not certain.” Saying no to a new commitment honors your existing commitments and gives you the opportunity to successfully and efficiently fulfill them. Research conducted at the University of California in San Francisco shows that the more difficulty that you have saying no, the more likely you are to experience stress, burnout and even depression. Learn to use no, and it will lift your mood, as well as your productivity.

5. Check Email On A Schedule

If you aren’t going to touch things twice, you can’t allow email to be a constant interruption. You should check email on a schedule, taking advantage of features that prioritize messages by sender. Set alerts for your most important vendors and best customers, and save the rest until the scheduled time. You could even set up an autoresponder that lets senders know when you’ll be checking your email again.

6. Avoid Multitasking

To make my system work, you’re also going to have to avoid multitasking. It’s a real productivity killer. Research conducted at Stanford University confirms that multitasking is less productive than doing a single thing at a time. The researchers found that people who are regularly bombarded with several streams of electronic information cannot pay attention, recall information or switch from one job to another as well as those who complete one task at a time.

Multitasking reduces your efficiency and performance because your brain can only focus on one thing at a time. When you try to do two things at once, your brain lacks the capacity to perform both tasks successfully. Never touching things twice means only touching one thing at a time.