Ensaio de um Standup Comedian wanna be #1 Amigos

Todos temos amigos, não é verdade? Todos? Só se estamos a partir do principio que eles sabem que são vossos amigos. Ou são apenas vocês que  pensam que são amigos? É muito diferente…

Amigos. Mais vale ter poucos e bons. Há quem diga isto. Não sei bem quem, mas é um frase que me vai na cabeça incutida por quem me rodeia. A sociedade em geral vá. Mas ter poucos amigos significa ter amigos. E o que é um amigo? Podemos tentar enquadrar os nossos amigos numa definição feita à medida de cada uma. O dicionário tem uma definição muito fechada de amigos “Quem está ligado por uma afeição reciproca”. Tentei procurar uma definição mais alargada. Significados.com.br. Pareceu-me o melhor sitio para encontrar o que procurava. “Amigo é o nome que se dá a um indivíduo que mantém um relacionamento de afeto, consideração e respeito por outra pessoa. O amigo é aquele que possui uma grande afeição por uma ou mais pessoas, que é leal, que protege e faz o possível para ajudar sempre.”

Quantas pessoas temos assim na nossa vida? É verdade que há sempre aquele que está disponível para te ouvir chorar porque foste violado por um cigano a quem tentavas comprar droga no cais do sodré. Será aquele que te deixou ser violado para ter a droga de borla? Esse é amigo? Ou pensavas que era amigo até ao dia em que finalmente tiveste que o testar e apercebeste que afinal… não era amigo?

Ou aquele a quem pedes para te ir buscar ao caralho mais longe porque ficaste sem gasolina mas que não pode porque está a ver a bola? O campeonato esloveno na net… Todos temos esse amigo não é verdade? Aquele que se passa da cabeça com um Krsko vs Mura. Para a Taça. Na primeira eliminatória. Gosta mesmo? Ou investiu dinheiro? Não sabemos…

E pronto. Lá tens tu que vir de taxi porque esse amigo está a ver a “bola”? Será esse um amigo? Um amigo sem paciência? Ou és tu que é um chato do caraças por incomodar os amigos com coisas chatas? E neste caso é ele que pensava ser teu amigo mas que agora está a pensar “com um amigo assim…”.  Bem vistas as coisas, não eram bem amigos. Afinal, quantas vezes viste um Krsko vs Mura com ele?

Onde em quero chegar é que nunca vamos perceber quem é amigo até termos oportunidade de testar a sua amizade, várias vezes. Por outro lado, se somos sempre nós a testar a amizade, do outro lado o nosso amigo também se vai começar a afastar porque passamos de amigos a gajo chato que está sempre com stresses. Tem que haver um equilíbrio. Um dia um amigo vem-nos buscar quando ficamos sem gasolina, no outro dia somos nós a ir buscá-lo à prisão e pagar a caução de 5.000€ por roubar um banco… de jardim… Não faz sentido?… Então qual o equilíbrio que define a amizade? 

A verdade é que temos verdadeiros amigos enquanto a amizade não é colocada à prova. Felizmente, nenhum de nós .. se tudo correr bem.. terá muitos momentos em que coloca à prova as suas amizades. Ou todas as suas amizades. E quando não há problemas, somos todos amigos. E será que vivemos na ilusão de termos muitos amigos e que no final de contas temos apenas outras pessoas com quem passamos tempo?

Mas a segunda definição de amigos naquele site .br diz o seguinte: “Em alguns momentos, o amigo não precisa ter necessariamente os mesmos gostos e vontades, e em certos casos é esse exatamente o fato que os une. O amigo não precisa ser alguém completamente idêntico. É aquele que tem o poder de acrescentar ao outro, com suas ideias, momentos de vida, informações etc., ou apenas alguém para dividir momentos e sentimentos.”  Bem.. eu tenho 2 amigos. E são meus amigos precisamente porque são diferentes de mim. Estamos poucas vezes juntos. Mas quando estamos… fazemos o amor… Não. Fazemos sexo! Blhacc, não, nada. Quando estamos juntos nem sempre temos as mesmas vontades, os mesmo interesses. Um deles nem sequer bebe. O outro passa a vida a beber… Um deles já o testei várias vezes e já falhou várias vezes. Mas sinto que é por isso que é meu amigo. Porque com ele, porque o conheço, consigo não ficar chateado ou triste com isso… Nem daquela vez em que me deixou a vomitar no cais do sodré. Antes de ser violado pelo cigano. Ele é assim… Ficar chateado porquê?…

Amigos, pouco e bons. No meu caso é quase verdade. São poucos é certo. Se são bons… quase nunca estou com eles para saber. Mas já passámos tanta coisa juntos, tantas provas dadas, que tenho a esperança que continuemos amigos. Que no próximo momento de teste eles vão lá estar para mim. Bem.. na verdade eu é que sou o mau amigo. Porque são mais as vezes que prefiro ficar sozinho ou com pessoas que não me são tão próximas.